A musicalidade em Guiné-Bissau com o Gumbé

GumbeMagazineLogo

Guine_Bissau_Ponte_Cais_Agostinho_Gaspar10 - Foto Site Licumbiphotos

O Gumbé é um gênero musical que nasceu da junção de alguns ritmos da Guiné-Bissau. Conhecidos como músicas tradicionais ou folclóricas, entre esses estilos estão Tina, Tinga, Brocxa, Kussundé (da etnia Balanta), Djambadon (Mandinga) e Kunderé (Bijagós). O instrumento principal desse ritmo é a cabaça ou apenas cabaz.

Cabaça 1  Cabaça

Cabaça

O jeito de usá-la extremamente rápido faz com que sejam produzidos sons que provocam várias danças; muitos deles são mais apropriados a momentos específicos, como para rituais, cerimônias tradicionais e fúnebres, porém, paulatinamente, eles estão sendo inseridos na música moderna do país. Para Lucy Duram, professora de musicologia na Universidade de Londres, Gumbé foi a primeira música popular africana. Além disso, é por meio do Gumbé que as várias etnias da Guiné-Bissau, inclusive as de tradição muçulmana (Mandinga, Fula, etc.), cruzam-se culturalmente, sobretudo com a contribuição dos djális ou griots, lavradores que se tornaram músicos hereditários.

Apesar de ter sido colonizada pelos portugueses, como vários outros países africanos, Guiné-Bissau sofreu influência musical significativa de Portugal (fado) como aconteceu com Angola, Brasil, Cabo Verde e Moçambique. Ainda nesse contexto colonial, é interessante frizar que, mesmo com a conquista de sua independência em 1973, a música tradicional em Guiné-Bissau, o Gumbé, só se tornou vivo após essa data quando Ernesto Dabó produziu em Lisboa o tema M’Ba Bolama. As músicas desse estilo são cantadas em crioulo e suas letras sempre remetem a algum assunto social, relacionamento entre as pessoas tanto amor como de amizade, questões políticas também são retradas nas letras do Gumbé e, inclusive, sobre o Sida (AIDS).

Ernesto Dabó Ernesto Dabó

Mais tarde, depois de quase dez anos, viveu-se no Gumbé a era de Super Mama Djombo, com o primeiro trabalho datado entre anos 70 e início de 80 com o álbum Cambança, bastante popular em todo o país.

Super Mama Djombo - Pamparida (Original) - Vintage 70s Gumbé Super Mama Djombo, álbum Na Cambança

Como foi falado anteriormente, as músicas desse gênero tratavam bastante de assuntos que envolvia o lado político e social de Guiné-Bissau e, o que nos conta a história é que os primeiros grupos musicais do país, cito África Livre, Chifre Reto e Kapa Negra, tinham densas relações com o poder político. Na mesma situação estava inserido nesse contexto de difícil relação o histórico Zé Carlos, considerado um crítico do poder colonial e da administração pós-independência. Ele acabou por morrer em um acidente de avião em Havana, Cuba. Até esse acidente ainda ouvia-se rumores os quais cogitavam uma possibilidade de que havia grande intenção de eliminação física de Zé Carlos por causa do conteúdo político de suas canções. Essa situação com Zé Carlos em Guiné-Bissau não foi tão diferente do que aconteceu com vários críticos políticos aqui no Brasil na mesma época, tudo em razão da censura; muitos aqui foram presos, exilados.

Zé Carlos 1 Zé Carlos Zé Carlos

Com o passar dos anos, já lá no final dos anos 80, estilos Kussundé começaram a ganhar espaço no país. O álbum Chefo Mae Mae, liderado por Kaba Mané, teve em seu repertório a combinação da força da guitarra eletrônica com as melodias e ritmos balantas. Nessa mesma linha surgiram cantores como Ramiro Naka e Tchando, que tiveram uma contribuição relevante para que a música guineense se tornasse sem fronteiras.

Kaba Mane - chefo Mae Mae Kaba Mane, álbum Chefo Mae Mae

Ramiro Naka Ramiro Naka

Tchando, primeiro álbum Naton (Hóspede) 1992 Tchando, primeiro álbum Naton (Hóspede) 1992

Atualmente, muitos artistas contribuem com a evolução do Gumbé, como Sidónio Pais, Justino Delgado, Manecas Costa, o grupo Tabanka Djaz, Rui Sangará, Dulce Neves, Nené Tuty, Buka Pussik, Maio Copé, entre tantos outros. Além, claro de influências internacionais que o Gumbé vai ganhando.

Sidónio Pais Sidónio Pais

Justino Delgado, álbum Lôla 1998 Justino Delgado, álbum Lôla 1998

Manecas Costa, álbum Fundo Di Mato Manecas Costa, álbum Fundu Di Matu

Grupo Tabanka Djaz Grupo Tabanka Djaz

Rui Sangará, álbum The Best of Rui Sangará Rui Sangará, álbum The Best of Rui Sangará

DULCE_NEVES_Álbum Mundo Rabida Genre Dulce Neves, álbum Mundo Rabida

Nene Tuty Nené Tuty

Buka Pussick Buka Pussick

Maio Copé, músicos Maio Copé e músicos

Fonte:

Gumbé.com

Didinho

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: